Espiritualidade e Sexualidade

Espiritualidade e Sexualidade

Espiritualidade e Sexualidade – não brinque com coisa séria!

Esta é uma série de artigos que promoverá uma reflexão profunda sobre esse tema de altíssima importância, pois tanto espiritualidade, como sexualidade estão no campo da consciência e precisam ser tratados com atenção.

Neste primeiro artigo, vamos entender do que se trata efetivamente espiritualidade e sexualidade.

Espiritualidade não tem relação nenhuma com religião, pois existem pessoas que são religiosas e estão completamente distantes da espiritualidade.

Espiritualidade também não tem nada a ver com espiritismo ou práticas espíritas.

 

Espiritualidade é Algo Mais

 

espiritualidade

 

Espiritualidade é o conjunto de potencialidade extra-sensorial ativada ou acionada através da consciência, cuja expressão pode se dar pela intuição, criatividade e inspiração.

Espiritualidade é o animus que está presente em todo o ser humano que pode ser desperto através do alinhamento emocional. Para mim, alinhamento emocional é o melhor de todos os caminhos para mergulhar mais profundo no entendimento da espiritualidade.

 

A pessoa pode estudar todos os livros, fazer todos os cursos, entender muito de todos os livros sagrados, mas se emocionalmente for um analfabeto, será apenas um conhecedor de letras, completamente distante da espiritualidade.

No entanto, pessoas emocionalmente equilibradas, conscientes do potencial de suas emoções, ou seja, inteligentes emocionalmente, tendem a experimentar com constância a paz e serenidade o que abre os portões para a potência espiritual em suas vidas.

Deixo claro aqui que ser sacerdote, monge, budista, pastor, palestrante espírita, coach ou líder espiritual de qualquer espécie, não significa realmente que a pessoa seja espiritualizada.

Talvez essa seja a respostas para tantos absurdos que vemos acontecer com pessoas envolvidas com lideranças religiosas de alguma forma.

 

Sexualidade de Forma Sadia

 

sexualidade

 

Sexualidade é, segundo o dicionário: “conjunto de caracteres especiais, externos ou internos, determinados pelo sexo do indivíduo”.

Vamos abordar sexualidade aqui como as trocas energéticas com pessoas que podem elevá-la ou arruiná-la.

A sexualidade deve ser abordada com consciência, assim como a espiritualidade e, da mesma forma, a sexualidade sadia vem de braços dados com equilíbrio emocional.

A sexualidade vivida apenas para o prazer do corpo não abre os canais energéticos de uma pessoa, não a faz transcender e evoluir.

Veremos mais aprofundadamente sobre esse tema nos próximos artigos.

O sexo para duas pessoas que se amam provoca uma verdadeira explosão energética, abrindo e expandindo a energia dos chakras e desbloqueando a visão, intuição e percepção para outras dimensões.

 

O Sexo como Real Troca de Sentimentos

 

sexual

 

Se você já experimentou praticar sexo com amor sabe exatamente do que estou me referindo aqui.

O fato é que, quando temos consciência da importância do sexo enquanto seres em evolução e crescimento, jamais desperdiçaremos nossas energias com prazeres momentâneos.

 

O ato sexual consciente onde haja uma real troca de sentimentos e, não apenas sensações, elevam a capacidade transpessoal do casal melhorando a saúde, física, mental, emocional, intelectual e espiritual.

Quero levar você a entender melhor e evitar as armadilhas que surgem no caminho daqueles que se ocultam através da fachada da espiritualidade ou religião. Abra sua mente e seu coração para refletir comigo nos próximos artigos.

Leia aqui o segundo artigo da série: Espiritualidade como Máscara de uma Sexualidade Promíscua.

Por Alessandra França.

Viste a nossa página no Facebook: Lei da Atração para o Amor

 

Envie seu comentário

Amor

Veja mais

Casais

Veja mais

Família

Veja mais

Lei da Atração

Veja mais

Motivação

Veja mais

Relacionamentos

Veja mais

Treinamentos

Veja mais